Esporte

"O clube devia mais de R$ 200 mil à minha clínica", revela ex-médico do Bahia

[
Por: Divulgação Por: Galáticos Online 0comentários

Em entrevista a Nilson Luiz, da Itapoan FM, Marcos Lopes, ex-médico do Bahia, falou um pouco sobre seus 30 anos de clube. Ao ser perguntado sobre os motivos da saída do Tricolor após 30 anos de serviços prestados, o médico explica: "Eu saí do Bahia porque eu não queria receber salário, era uma filosofia minha. Até o bicho que recebíamos, eu passava para os massagistas e roupeiros da época".

Lembrou uma lado do clube que o torcedor prefere esquecer, o antigo Bahia que devia e não pagava. "Eu saí de lá e o clube devia mais de R$ 200 mil à minha clínica. Eu cheguei a pagar débitos do clube. Era por amor. Eu nunca estive envolvido em falcatrua, teve empresa me oferecendo propina para comprar equipamentos para a academia do Fazendão e eu os expulsei do clube".

Mas toda história de amor tem seus altos e baixos. Mesmo falando não guardar mágoa da pessoa - o ex-presidente Marcelo Santana - ele contou sobre a única tristeza que o deixou marcado negativamente em relação ao Esquadrão.

"A única mágoa que tenho do Bahia foi quando fui barrado na Fonte Nova, fui tratado como ninguém depois de 30 anos de clube. Tudo porque o presidente da época não queria ter contato com ninguém que era ligado a Paulo Maracajá", relembrou.

Por fim, como um apaixonado, ele fala que o clube mudou a vida dele e mostra grande gratidão. "O Bahia mudou minha vida. O reconhecimento da torcida, dos jogadores e até dos outros clubes. O clube está hoje no caminho certo, Bellintani vai levar o Bahia longe", completou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas