Famosos

Xuxa pede impeachment de Bolsonaro nas redes sociais; veja

Reprodução / Redes Sociais

Publicado em 29/09/2021, às 09h54    Reprodução / Redes Sociais    Redação BNews

Um pedido da apresentadora Xuxa Meneghel, nesta terça-feira (28), agitou as redes sociais. No Instagram, a loira pediu a saída do presidente Jair Bolsonaro através do impeachment. 

Na publicação, Xuxa postou uma notícia do Estadão sobre os gastos públicos, remédios, teste de Covid e vacinas que estão vencidas, um total de R $80 milhões que não serão utilizados. 

“Vc sabe quem paga isso? Vc sabe pq vc não quer saber dos erros desse governo?vc sabe pq ainda não tiramos essa pessoa do governo? Pq vc ainda não assinou a petição de impeachment”, comentou na legenda da publicação que, até o fechamento desta nota, já tinha mais de 64 mil curtidas.

Xuxa pode trazer RuPaul’s Drag Race para as telas da Globo; entenda
Prefeito de NY volta a criticar Bolsonaro e manda recado para primeira-dama brasileira: "Mande seu marido se vacinar"

A loira, no entanto, fez questão de reforçar que não é aliada do Partido dos Trabalhadores (PT). “Não adianta dizer q sou petista, pois não sou, não adianta dizer que to com sdds da lei Rouanet pq não sou considerada cultura e então não posso fazer uso, mesmo que queira … então assine já)”, reiterou.

Nos comentários, fãs e haters dão suas opiniões sobre o posicionamento político da rainha dos baixinhos. “Não precisa dizer que você não é petista. Só essa publicação diz tudo que você é petista”, comentou uma internauta. “Fácil! Se tiver alguém que faça melhor que ele,é só se candidatar nas próximas eleições de 2022. FICA A DICA! Criticá-lo é muito fácil....quero ver fazer melhor”, disse um homem. 

Leia também:
Após negar registro de Juliette, presidente do Sindicato dos Artistas afirma: "não concordo com influencers na TV"
Juliette se justifica com fãs após fugir de aglomeração no aeroporto de Salvador
Lore Improta e Léo Santana deixam maternidade com a filha
Fátima Bernardes deixará o Encontro em outubro
>> Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre