Geral

Ex-vice do Banco do Brasil é investigado por depósito milionário

BB e Polícia Federal investigam o caso

Publicado em 28/02/2012, às 11h04        Redação Bocão News

Allan Toledo, que até dezembro ocupava a vice-presidência do Banco do Brasil, uma das áreas mais importantes da instituição, está sendo investigado por ter recebido quase R$ 1 milhão em uma conta bancária no ano passado. Além de abrir uma sindicância interna para apurar o caso, o banco também notificou a Polícia Federal. O executivo recebeu em sua conta depósitos mensais no valor de R$ 953 mil. O dinheiro foi transferido para a conta dele pela aposentada Liu Mara Fosca Zerey, de 70 anos. Toledo disse ser procurador da aposentada e que abriu a conta no banco para administrar o dinheiro dela. Segundo ele, o valor é proveniente da venda de uma casa da aposentada, localizada no Novo Brooklin (São Paulo), para o empresário Wanderley Mantovani. Certidão da Prefeitura de São Paulo, porém, mostra que a casa continua em nome de Liu Mara Fosca Zerey. Também não há registro em cartório de compra e venda do imóvel e a aposentada continua morando na casa um ano e dois meses após a transação alegada.
Informações da Folha

Classificação Indicativa: Livre