Geral

Vale-cultura vai dinamizar a economia das cidades, diz Marta Suplicy

Imagem Vale-cultura vai dinamizar a economia das cidades, diz Marta Suplicy

O benefício será de acesso aos trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos

Publicado em 30/01/2013, às 09h20        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A  ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse na terça-feira (29), em  Brasília, durante o  Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, que o vale-cultura vai fomentar a economia dos municípios. “Você já imaginou o que serão os trabalhadores de até cinco salários com seu vale-cultura na sua cidade? Ele vai dinamizar a economia, com certeza”, disse a ministra.

Durante o encontro, Marta explicou aos prefeitos de todo o país sobre o funcionamento do vale-cultura e do Sistema Nacional de Cultura.

A ministra se mostrou otimista com o vale-cultura. Com ele, o trabalhador com carteira assinada terá R$ 50 para gastar com programas culturais como shows, cinemas, exposições, teatro, além de poder comprar livros e revistas. Cada beneficiário terá descontado de sua folha salarial R$ 5, ao passo que os demais R$ 45 ficam a cargo do empregador.

Segundo Marta, o vale-cultura funcionará como um vale-refeição. Um cartão magnético no qual será creditado o valor mensal cumulativo. Inicialmente, o benefício será de acesso aos trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos, no entanto, a ministra não descartou o acesso a trabalhadores de outras faixas salariais, existindo sucesso na adesão das empresas em um primeiro momento.

Classificação Indicativa: Livre