Bahia

Crise hídrica atinge população de Ubaíra: "Estamos sofrendo"

[Crise hídrica atinge população de Ubaíra:
16 de Março de 2019 às 18:00 Por: Reprodução Por: Vinícius Ribeiro0comentários

Os moradores de Ubaíra, no Centro Sul da Bahia, estão sofrendo e à beira do desespero por causa de uma crise hídrica que assola a cidade durante o período de estiagem, intensificado nos últimos 30 dias. Sem água para uso doméstico e consumo, os munícipes organizam um protesto para segunda-feira (18), em frente à sede da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) no município.

"O carro pipa da cidade de Mutuípe está trazendo água para nós, mas é a cidade toda, não dá. Ficamos com pouca água, muitas roupas sujas, sem poder lavar. Eu não tomei café de manhã sem água. Até agora estamos sem água para fazer comida e cuidar das coisas. Estamos sofrendo", desabafou a dona de casa Helenita Oliveira Santos, a Nita, de 53 anos, ao BNews, na tarde deste sábado (16).

Já Ivone Terezinha, 54, alertou para a necessidade de urgência diante da situação crítica. "O rapaz que vende água mineral falou que não tem, talvez chegue segunda-feira, olha o sofrimento", disse, contando que a comunidade vem recorrendo à água suja de um córrego para beber. "Estamos pedindo socorro. Todos nós estamos sujos e com muito calor. A coisa tá feia", resumiu. As duas mulheres moram na Vila Córrego do Barro.

Nas redes sociais, diversos relatos de moradores da cidade atestam a gravidade da crise que atinge a população. Um dos vídeos que circulam pelo WhatsApp mostra uma confusão na sede da Embasa, onde populares insinuam um suposto "privilégio aos grandes". Outra filmagem tem teor informativo, sugerindo falta de limpeza na Barragem do Mucurí.

Assista:

 

 

COLAPSO NO ABASTECIMENTO

De acordo com publicação na página da Prefeitura de Ubaíra no Facebook, representantes do Executivo se reuniram com uma equipe da Embasa, na sexta-feira (15), para tratar da crise hídrica na cidade. No texto, a gestão municipal afirma que desde 2017 vem reivindicando junto ao governo estadual "a construção de uma nova barragem, limpeza e manutenção da atual", para "que, essencialmente no período de estiagem, a população não sofra colapsos no abastecimento".

Segundo informado pela prefeitura na postagem, a "Embasa assegurou ao prefeito (Fred Andrade - SD) a assistência de toda equipe técnica da região presente no município, reservatórios com capacidade entre 5 e 20 mil litros disponíveis em diversas localidades da cidade, cinco carros pipas, isenção de cobranças das contas correspondentes ao período em curso e a construção da adutora que fará a transposição de água". A reportagem não conseguiu contato com representantes da Embasa em Ubaíra neste sábado.  

Também por meio da rede social, o ex-prefeito Lúcio Monteiro (PSD) comentou a situação e apontou omissão: "Se houver necessidade de licença ambiental, a própria Prefeitura tem competência e autonomia pra licenciar sem precisar de autorização do Ibama ou do Inema. Então o que falta? Falta vontade política, falta preocupação com a população, falta vontade pra estabelecer parcerias entre prefeitura, Convale e Embasa. Esse seria o primeiro passo pra no curto prazo prevenir novo colapso no abastecimento de água. E já está passando da hora, pois a barragem está seca, e, com fé em Deus logo irá chover".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas