Bahia

Lafaiete Coutinho: Empresa alvo de operação da PF pertenceria a deputado estadual

[Lafaiete Coutinho: Empresa alvo de operação da PF pertenceria a deputado estadual ]
16 de Abril de 2019 às 08:56 Por: Reprodução/ Blog Marcos Frahm Por: Redação BNews 0comentários

Deflagrada na manhã desta terça-feira (16) pela Polícia Federal, a Operação Three Hills, investiga uma empresa que pertenceria ao deputado estadual Zé Cocá (PP). Segundo as investigações, todas as licitações para o fornecimento de combustível para o município de Lafaiete Coutinho, no período de 2010 a 2016, na verdade pertenceria ao então prefeito, naquela época Cocá, mas estaria em nome de laranjas.

A operação visa desbaratar esquema de fraudes em licitações e desvio de verbas públicas na cidade. Segundo a PF, com as investigações encetadas no Inquérito, comprovou-se que o posto de combustíveis era administrado por um servidor da prefeitura, o qual chegou a ser responsável pela conferência do recebimento do material (combustíveis) em relação a duas licitações. Ele também foi presidente da Comissão Permanente de Licitação em um certame e pregoeiro designado pelo prefeito em outro.

A Polícia Federal verificou que, até 2013, os editais das licitações eram publicados apenas no Diário Oficial do Município de Lafaiete Coutinho e, consequentemente, somente comparecia aos pregões presenciais a empresa investigada. 

Há também fortes indícios de superfaturamento com relação ao preço do combustível comercializado pelo posto para o município de Lafaiete Coutinho. O pagamento dos valores definidos nos contratos celebrados entre o município de Lafaiete Coutinho e a pessoa jurídica investigada era realizado com a utilização de recursos federais.

O BNews entrou em contato com asssessoria do deputado, que informou que um posicionamento sobre o assunto será enviado à tarde. 

*Atualizada às 11h45

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas