Bahia

Secretário revela motivo de impasse com Mãe Pobre em Itabuna: ‘Cobrava valor superior a R$ 1 milhão’

[Secretário revela motivo de impasse com Mãe Pobre em Itabuna: ‘Cobrava valor superior a R$ 1 milhão’]
10 de Outubro de 2019 às 11:49 Por: Divulgação Por: Redação BNews 0comentários

Secretário da saúde de Itabuna, no Sul da Bahia, Uildson Nascimento afirmou, nesta quarta-feira (09), que o resultado de uma auditoria feita pela pasta foi o motivo do impasse entre a direção da Maternidade Ester Gomes (Mãe Pobre) e o Município. “A Maternidade estava cobrando um valor superior a R$ 1 milhão, a auditoria mostrou que o valor é de apenas R$ 63 mil, vou pagar esse valor que foi apontado pela a auditoria”, disse durante audiência na Câmara de Vereadores. As informações foram publicadas pelo Políticos do Sul da Bahia.

Após o impasse, a maternidade acabou fechando as portas. Mas, nesta quarta-feira (10), a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que será restabelecido o atendimento obstétrico e pediátrico na rede assistencial da região de Itabuna. 

Segundo a pasta, a decisão foi tomada durante uma reunião entre o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e representantes da prefeitura de Itabuna, da Santa Casa de Misericórdia, Hospital de Base e Fundação Fernando Gomes.

Com a decisão de fechamento da Maternidade Ester Gomes (Mãe Pobre), confirmada pelo conselheiro Sérgio Gomes, presente à reunião, os atendimentos de obstetrícia e ginecologia daquela unidade serão transferidos integralmente para o Hospital Manoel Novaes, pertencente à Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. 

Já os atendimentos pediátricos serão absorvidos, a partir da próxima segunda-feira (14), pela UPA municipal, que será equipada e terá os profissionais contratados ao longo dos próximos dias. Ainda de acordo com a Sesab, dois novos Pronto Atendimentos Pediátricos serão inaugurados pela Prefeitura nos bairros de São Caetano e de Nova Itabuna. As Unidades Básicas de Saúde daquelas localidades serão transformadas em Unidades Mistas e passarão a contar com pediatras de segunda a sábado das 7 às 19h e estarão aptas a pequenos atendimentos de urgência, como nebulização e reidratação oral.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas