Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidades

Direto de São Miguel das Matas: “Achei que fosse desabar", relata dono de mercado sobre tremor

[Direto de São Miguel das Matas: “Achei que fosse desabar", relata dono de mercado sobre tremor ]
01 de Setembro de 2020 às 14:30 Por: Dinaldo Silva/ BNews Por: Diego Vieira*

"É uma sensação horrível", é assim que o comerciante Valdemar da Silva descreve os tremores de terra que vem ocorrendo na cidade de São Miguel das Matas, que fica na Região do Vale do Jiquiriça, desde o último sábado (28). Proprietário do supermercado onde foi gravado um vídeo em que produtos aparecem caindo das prateleiras durante um dos abalos, ele diz que saiu correndo com medo de o estabelecimento desabar.

"Teve um [terremoto] em 2018 e outro no ano passado, mas não foram fortes assim como dessa vez. Foi uma sensação horrível. Eu estava sentado no caixa e as prateleiras começaram a balançar. Saí correndo com medo. Achei que o mercado fosse desabar", conta.

De acordo com o prefeito Zé Renato, cerca de 15 tremores foram registrados na cidade desde o último sábado (28). O gestor afirmou que será decretada situação de emergência na cidade, em decorrência da situação.

Cerca de 50 casas foram danificadas após os abalos sísmicos, sendo que três delas foram completamente comprometidas. De acordo com o prefeito, equipes da Defesa Civil fazem a avaliação das casas danificadas na região. Os estragos vão de pequenas rachaduras até telhados que foram derrubados com os abalos.

*O repórter está em São Miguel das Matas para cobertura do terremoto na região

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso