Política

Escritor anuncia saída da Secretaria de Cultura de Ilhéus: "Desejos alheios à minha vontade"

[Escritor anuncia saída da Secretaria de Cultura de Ilhéus:
12 de Junho de 2019 às 08:52 Por: Divulgação / Prefeitura de Ilhéus Por: Adelia Felix 0comentários

O escritor e dramaturgo Pawlo Cidade, pseudônimo do escritor João Paulo Couto Santos, não é mais secretário de Cultura de Ilhéus, cidade localizado ao sul da Bahia. Ele fez o anúncio nesta segunda-feira (10). Agora, a pasta, transformada em Secretaria de Cultura e Turismo, será comandada por Fabio Wanderley.

“Infelizmente, desejos alheios à minha vontade fez com que este projeto (isso mesmo, projeto, com começo, meio e quase fim) fosse interrompido. Mas, Deus é Soberano e sabe de todas as coisas. A política, não a Cultura, tem dessas coisas. A gente até sabe o dia que entra, mas não tem como saber o dia que sai ou cai”, escreveu.

Ainda em seu pronunciamento, o membro da Academia de Letras de Ilhéus disse que os 500 dias à frente da pasta “se transformarão em um artigo ou num livro”. Ele ainda falou sobe o Programa Cultura 500.

“Tentei forjar uma política cultural de escuta, de proposições, de ações e de responsabilidades. Uns compreenderam, outros ficaram apenas no campo das ideias e muitos apenas observaram. Perdemos a oportunidade de solidificar um projeto que nos pautaria pelos próximos anos. Afinal, nosso papel, enquanto gestores culturais, é o de criar soluções e políticas de Estado”.

Por fim, o escritor disse que encerra as atividades de “cabeça erguida”, e agradeceu ao prefeito Mário Alexandre (PSD) e deputada Angela Sousa (PSD).

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas