Política

Moema Gramacho chama ex-secretário de "cara de pau" e "fake"; veja vídeo

[Moema Gramacho chama ex-secretário de
15 de Agosto de 2019 às 08:42 Por: Reprodução Por: Redação BNews 0comentários

A prefeita Moema Gramacho (PT), de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, fez duras críticas contra o ex-superintendente municipal, Mauro Cardim, durante seu programa semanal transmitido ao vivo nas redes sociais dela, nesta quarta-feira (15). Cardim, que também foi secretário de Desenvolvimento, foi exonerado no último dia 12, do gabinete da prefeita. 

“Eu tive um secretário aqui, o nome dele é Mauro Cardim. O secretário, quando eu fui exonerar ele, no ano passado, ele sentou aqui nesta sala comigo chorando, pedindo para não exonerar. Primeiro, disse que não tinha como sobreviver, que precisava continuar trabalhando. Aí, me pediu que pelo menos colocasse ele em uma superintendência porque ele não tinha como sobreviver. Foi assim, nesse nível, a conversa. Eu fiz, ‘eu não posso mais sustentar o senhor”, revelou a chefe do Executivo Municipal.

Durante o programa, a prefeita Moema chegou afirmar que, durante a conversa com o ex-aliado, ela esclareceu que “a secretaria não pode seguir do jeito que ele estava conduzido”. Na época, após o apelo feito por Cardim, a petista disse que deixou ele cuidando do aeromóvel até que ocorresse a mudança para o Centro Administrativo Municipal.

“O senhor vai cuidar só do aeromóvel. Nós vamos mudar para o Centro Administrativo, e vamos precisar rearrumar a prefeitura. Ele está sabendo que vai sair. Ele já sabia disso. Mas quando chega a hora, eu exonero ele. Ele está fazendo o maior escândalo. Sujando a água que bebeu o tempo inteiro. Falando um bocado de bobagem, um bocado de besteira, foi para rádio Cultura dizer que eu estou em fim de carreira. É muita cara de pau. Eu acho que ele é um fake. Ele está achando que está na moda, Bolsonaro fake. Um verdadeiro fake”.

Uma carta assinada pelo vice-presidente municipal do PP, André Miranda, a sigla afirma que nunca fez parte do projeto da petista. "Não houve rompimento com o atual governo. Para haver rompimento, o mesmo deveria fazer parte da base de apoio, o que não ocorre até o momento.[...] Quanto a indicação do ex-secretário Mauro Henrique Neves Cardim, ressalto que em momento algum foi feita pelo Progressistas, bem antes mesmo de sua recente filiação, já que entregava o quadro de filiados do PDT, sendo indicado por esse como secretário de Planejamento", disse o líder do PP municipal.

Na carta, Miranda reforça que o Progressistas no município não tem absolutamente nenhuma responsabilidade quanto a exoneração do ex-secretário e agora ex-superintendente municipal, continuando à disposição para buscar através de união e diálogo melhorias para Lauro de Freitas".

Sobre a indicação do líder do governo na Câmara de Vereadores, vereador Augusto Cesar, o representante do PP acrescentou que foi feita em caráter pessoal e consesual, não havendo indicação do partido para o mesmo, mas respeitando a sua decisão.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas