Política

Vereadores de Madre de Deus cobram do TJ-BA afastamento de prefeito

[Vereadores de Madre de Deus cobram do TJ-BA afastamento de prefeito]
12 de Setembro de 2019 às 10:47 Por: Reprodução Por: Yasmin Garrido 0comentários

Os vereadores de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador, vão se reunir em frente ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), nesta quinta-feira (12), para reforçar o pedido do Ministério Público do Estado (MP-BA) na ação que pede o afastamento do prefeito da cidade, Jeferson Andrade (DEM).

Os parlamentares afirmam que o prefeito sancionou a lei 574/13, com o objetivo de construir um Parque Industrial na região, gastando quase R$ 4 milhões. No entanto, nada foi feito. “Simplesmente o dinheiro sumiu e ele não fez nada. O dinheiro foi desviado”, declarou o vereador Kikito Tourinho (PPS).

Ainda segundo o vereador, “o Ministério Público pediu o afastamento, bloqueio dos bens e prisão do prefeito e a Justiça precisa se manifestar”. Kikito também denunciou que há falta de médicos na cidade, problemas com a educação municipal, entre outras questões.

Outros alvos da Ação Civil Pública são o ex-secretário de obras, João Gustavo de Cerqueira Lima Muccini, o ex-coordenador de Obras, José Carlos Barreto da Silva, o atual secretário de Obras do município, Márcio Garrido Gonçalves Braga, além de Celestino Souza Filho, ex-presidente da Comissão de Licitação.

A assessoria de comunicação do prefeito negou as informações: "a assessoria de comunicação da Prefeitura de Madre de Deus informa que é inverídico que o MP tenha pedido prisão do prefeito da cidade, até porque é impossível prisão em ação cível de improbidade".

Atualizada às 17h50

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas