Política

Mata de São João: Vereador acusa prefeitura de repassar mais de R$ 1 milhão a jornalista

[Mata de São João: Vereador acusa prefeitura de repassar mais de R$ 1 milhão a jornalista]
Por: Reprodução Por: Redação BNews 0comentários

Durante entrevista à Rádio Laser FM, o vereador de Mata de São João Sérgio Bogoió (PSD) acusou o editor do site Mais Região, Gabriel Seixas de ter recebido R$ 1 milhão do município, em valores repassados de 2016 até o atual momento, para veicular notícias na publicação. 

"Esse cidadão custa uma bagatela aos cofres públicos de Mata de São João simplesmente uma bagatela de R$ 1 milhão de 2016 até hoje para fazer fofoca, lançar discórdia. Inclusive para prejudicar o governo atual", acusou. Durante a entrevista, por mais de uma vez, ele afirmou ter documentos e notas fiscais que fundamentam suas acusações

De acordo com Bogoió, Seixas recebe R$17.601 mil mensais da prefeitura pelo trabalho que desenvolve no Mais Região. O vereador afirma que tem notas fiscais que comprovam o repasse destes valores. Segundo ele, o editor também teria recebido em agosto desse ano, R$6.060 mil para realizar capitação de imagem, sonora, edição e finalização para o município.

Procurado na manhã desta quinta-feira (19) pela reportagem para falar sobre as acusações que fez durante a entrevista - e questionado sobre a possibilidade de termos acesso às provas - o vereador disse que tem interesse em apresentar documentos que comprovam as alegações feitas. Porém, afirmou que estava atendendo a uma emergência hospitalar nesta manhã, e solicitou que retornássemos o contato na próxima semana - após o Natal.

"Acorda pra vida Marcelo [Marcelo Oliveira (PSDB), prefeito de Mata de São João]. Você é um puta de um administrador e não acorda pra vida pra essas coisas que acontecem no seu governo", aconselhou durante a entrevista. Bogoió, que é oposição ao atual governo municipal, também disse que Seixas sabe que "isso vai acabar quando Lulu estiver com a caneta na mão em 2021".

O comentário faz referência a vice-prefeita e pré-candidata a prefeita pelo DEM em 2020. No início deste ano, o BNews publicou que o município de Mata de São João desembolsou R$ 705 mil em contrato de publicidade com a empresa PMG Comunicação, cujo nome fantasia é BTS Comunicação. Na ocasião, foi apurado que o site Mais Região receberia 15 mil por mês de patrocínio da gestão municipal.

Neste contexto, o prefeito da cidade defendeu o repasse para os veículos de comunicação mencionados pela reportagem. "O site Mais Região é o mais acessado na cidade e opera ininterruptamente há cerca de dez anos, sendo líder no seu segmento", destacou o gestor.

Essa não é a primeira vez que Bogoió faz denúncias que envolvem Seixas. Em 2017, Bogoió disse em entrevista ao BNews que uma empresa que presta serviços de publicidade para a prefeitura fazia pagamentos ao Mais Região. À época, o edil acusava a Laser FM de receber pagamentos do município por publicidade e camuflar o recurso como "doação para a cultura".

Naquela ocasião, o vereador acusou o site que Seixas edita, parceiro da rádio à época, de efetuar os repasses dos recursos à rádio. Sobre o assunto, Seixas disse que a parceria existente com a Laser era como qualquer outra feita entre veículos de comunicação, e classificou o ato do edil como “factoide”.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas