Cidades

TCM pune prefeitos baianos por atrasos em repasses à previdência

[TCM pune prefeitos baianos por atrasos em repasses à previdência]
24 de Novembro de 2020 às 21:31 Por: Divulgação Por: Redação BNews

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) determinou, nesta terça-feira (24), que sejam feitas representações ao Ministério Público estadual contra os prefeitos de Teixeira de Freitas, Temóteo Alves de Brito, e de Água Fria, Manoel Alves dos Santos. Eles teriam pago multas e juros indevidamente porque atrasaram o recolhimento de parcelas relativas a obrigações previdenciárias, no exercício de 2019.

Com recursos pessoais, o prefeito de Teixeira de Freitas terá que devolver aos cofres municipais um total de R$1.029.483,30. O montante foi pago em juros e multas. Além disso, terá que arcar com uma multa estipulada em R$ 5 mil. 

O prefeito de Água Fria terá que devolver aos cofres municipais R$9.557,65, também com recursos pessoais, além de pagar multa de R$ 2 mil. As decisões ainda cabem recurso.

Os conselheiros do TCM frisaram que o pagamento das multas e juros por parte dos municípios aconteceram devido à omissão dos gestores. Eles não cumpriram corretamente a obrigação legal de repassar/recolher as contribuições previdenciárias no prazo e montante exigidos na legislação.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar