Coronavírus

"PT quer matar pessoas de fome", afirma presidente municipal do DEM após ação contra Bruno Reis

[
Por: Arquivo BNews Por: Yasmin Garrido 0comentários

O vereador de Salvador e presidente municipal do Democratas, Duda Sanches, afirmou que ficou surpreso, na manhã desta quinta-feira (26), com a ação do PT na capital apresentada perante o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) contra o vice-prefeito Bruno Reis (DEM), em razão da distribuição de cestas básicas a alunos da rede municipal.

"Chega a ser inacreditável. O PT, que nunca ganhou uma eleição em Salvador, não deve saber as atribuições do vice-prefeito. Mas, além disso, deve querer que a gestão deixe as pessoas mais pobres morrerem de fome", declarou.

"O esforço conjunto da prefeitura e do governo do Estado tem dado frutos. A postura do PT mostra que o partido está sem sintonia com a realidade e mais preocupado em criar factóides para aparecer na imprensa. É triste", afirmou.

Matéria relacionada:
Partido dos Trabalhadores de Salvador pede cassação do registro político de Bruno Reis

Em nota, o presidente do PT de Salvador, Ademário Costa disse que o presidente municipal do DEM demonstra não ter maturidade para dirigir qualquer partido político que se propõe sério. "Espalhar mentiras à imprensa, criar fakenews, como diversionismo para tentar confundir a população é instrumento dos covardes. Em nossa representação à Justiça Eleitoral, reputamos como “louváveis providências adotadas pela gestão municipal”, em referência ao Decreto nº 32.272 de 19 de março de 2020, que institui a distribuição dos ingredientes da merenda escolar para os pais de alunos. Em nenhum momento o Partido dos Trabalhadores agiu no sentido de derrubar esta importante medida. Supor isso em uma ação à Justiça Eleitoral é uma estupidez que só cabe aos ignorantes. O presidente do DEM, com formação em direito, não tem o benefício desta dúvida. Sabe, ao fim, que a atitude de Bruno Reis foi ilegal e precisa ser cessada, sem nenhum prejuízo às ações de assistência às famílias em isolamento social no combate ao coronavírus".

Matéria editada às 15h43 para acrescentar a nota do PT. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas