Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições

Justiça cassa a candidatura do ex-senador Lindbergh Farias para vereador do Rio

[Justiça cassa a candidatura do ex-senador Lindbergh Farias para vereador do Rio]
22 de Outubro de 2020 às 16:44 Por: dilson Rodrigues/ Agência Senado Por: Redação BNews

A 23ª Promotoria Eleitoral do Rio acolheu um pedido do Ministério Público Eleitoral para cassar a candidatura do ex-senador Lindbergh Farias (PT) para o cargo de vereador no Rio de Janeiro. De acordo com informações do portal UOL, a decisão foi dada na última quarta-feira (21) e o petista ainda pode recorrer.

No pedido de cassação, o MP cita a suspensão de direitos políticos de Lindbergh em dezembro do ano passado, quando o ex-senador foi condenado pela 1ª Câmara Cível do TJRJ por lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito.

O MP explica que, de acordo com a condenação, o político realizou "propaganda pessoal antecipada" em 2008, quando ainda era prefeito de Nova Iguaçu, e por isso encontra-se inelegível. Procurado pelo portal, Lindbergh afirmou que a decisão "está em absoluto confronto" com o posicionamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

"Trata-se de uma condenação por suposta promoção pessoal, pelo uso de uma marca (um "sol") em minha gestão enquanto Prefeito do Município de Nova Iguaçu, tendo sido expressamente afastada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a hipótese de qualquer dano ao erário ou muito menos enriquecimento ilícito", afirmou Lindbergh.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso