Justiça

Quatro novas desembargadoras tomam posse no Tribunal de Justiça da Bahia

[Quatro novas desembargadoras tomam posse no Tribunal de Justiça da Bahia ]
18 de Maio de 2015 às 14:32 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
A 1ª vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Vera Lúcia Freire de Carvalho, representando a Presidência, deu posse nesta segunda-feira (18) a quatro novas desembargadoras, promovidas na sessão do Tribunal Pleno de sexta-feira (15).
 
Ao tomarem posse, as desembargadoras Pilar Célia Tobio de Claro, Joanice Maria Guimarães de Jesus, Maria de Lourdes Pinho Medauar Silva e Carmen Lúcia Santos Pinheiro comprometeram-se a defender a Constituição e a legislação vigente, sob aplausos de familiares, desembargadores, juízes e servidores presentes à cerimônia.
 
De acordo com o Tribunal de Justiça, o presidente, desembargador Eserval Rocha, não pôde estar presente em razão de uma nova viagem da comitiva a comarcas do interior baiano, desta vez rumo ao Sul do Estado, passando pelo município de Valença e região.
 
Perfil 
 
Pilar Célia Tobio de Claro
 
Ingressou na magistratura em abril de 1988, quando assumiu a Comarca de Conceição do Jacuípe. Permaneceu, no interior do estado até junho de 1996, até ser promovida, por merecimento, para a Comarca de Salvador, onde assumiu a 1ª Vara de Substituições. A magistrada passou pelas comarcas de Ubaitaba e Lauro de Freitas e, em Salvador, antes da promoção ao cargo de desembargadora, esteve na 18ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais; 43ª Vara de Substituições e Vara de Registros Públicos.
 
Joanice Maria Guimarães de Jesus
 
Em maio de 1984, tomou posse como juíza de primeira entrância, lotada na 47ª Vara de Substituições, na Comarca de Salvador; 1ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais. Promovida por antiguidade, ocupará a vaga deixada pela aposentadoria da desembargadora Daisy Lago Ribeiro Coelho.
 
Maria de Lourdes Pinho Medauar Silva 
 
Começou na magistratura pela Comarca de Terra Nova, em abril de 1988. Depois foi relotada para a Comarca de São Sebastião do Passé e promovida para Comarca de Feira de Santana, de onde foi promovida, por antiguidade, para Salvador, assumindo a 9ª Vara de Substituições. Ainda na Comarca de Salvador, antes de promovida a desembargadora, a magistrada esteve na 7ª Vara de Família e 40ª Vara de Substituições.
 
Carmen Lúcia Santos Pinheiro
 
Tomou posse como juíza de primeira entrância, à época, em dezembro de 1986, sendo designada para a Comarca de Itiruçu. Entre dezembro de 1987 e junho de 1993, passou pelas comarcas de Mutuípe, Canavieiras e Santo Amaro, antes de ser promovida para a Comarca de Salvador. Na Comarca de Salvador, até a promoção ao cargo de desembargador, esteve na 44ª Vara de Substituições, 8ª Vara dos Feitos Cíveis e 39ª Vara de Substituições. 
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar