Justiça

TJ-BA homologa licitação com orçamento de R$ 8,6 milhões para eventual compra de móveis

[TJ-BA homologa licitação com orçamento de R$ 8,6 milhões para eventual compra de móveis]
06 de Fevereiro de 2019 às 08:07 Por: Adenilson Nunes/Arquivo/BNews Por: Redação BNews 0comentários

O Tribunal de Justiça da Bahia poderá desembolsar R$ 8,6 milhões para comprar móveis para unidades judiciárias do primeiro grau, além de materiais de escritório. A homologação do registro de preços com as empresas vencedoras foi publicada no Diário Oficial do órgão nesta quarta-feira (6). O procedimento de registro de preço prevê a aquisição em evental e futura necessidade.

No lote 1, o TJ-BA tem como vencedora a ABS Engenharia e Soluções Corporativas para possível aquisição de até 1.450 armários a um custo total de R$ 820 mil.

O lote 2 ficou com a empresa Luís Conforto Comércio de Móveis e Serviços, que poderá receber mais de R$ 2,2 milhões para fornecer 7.300 cadeiras.

Pela eventual compra de 9.050 mesas, o TJ-BA vai prevê um montante de R$ 3,6 milhões para a empresa Transporte Júlia e Comércio no lote 3.

A Atend Tudo Comércio e Serviços, vencedora do lote 4, tem orçamento de R$ 708 mil pelo possível fornecimento de 500 sofás. Cada sofá de um lugar sairá ao custo de 1,1 mil, enquanto o de dois lugares custará R$ 1.290,00. O móvel com três lugares ficou a um custo de R$ 1,7 mil.

O lote 5 ficou com a Gaus Indústria e Comércio, que poderá fornecer painéis frontais e laterais. Pela quantidade estimada de 450 peças, o Judiciário poderá pagar um total R$ 130 mil.

No lote 6, o TJ-BA tem R$ 620 mil para comprar até 800 poltronas do tipo longarina com a empresa Flex Bahia Móveis Para Escritório.

Um lote à parte teve como vencedora a Transporte Júlia e Comércio, que deverá fornecer 200 gaveteiros a um custo de R$ 71 mil.

Outra licitação homologada pelo Judiciário baiano prevê a aquisição de diversos materiais de escritório, também por registro de preços, com orçamento que chega a R$ 406 mil.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas