Justiça

Ex-major do Corpo de Bombeiros é condenado a mais de 15 anos de prisão por matar esposa em escola

[Ex-major do Corpo de Bombeiros é condenado a mais de 15 anos de prisão por matar esposa em escola]
17 de Setembro de 2019 às 20:50 Por: Arquivo pessoal Por: Redação BNews 0comentários

O ex-major do Corpo de Bombeiros, Valdiógenes Almeida Cruz Junior, foi condenado a 15 anos e um mês de prisão no julgamento realizado nesta terça-feira (17). Ele matou a esposa, a professora Sandra Denise Costa Alfonso,a  tiros a esposa, dentro de uma escola no bairro de Castelo Branco.

No dia do crime, o bombeiro levou a vítima ao trabalho pela manhã e retornou pouco antes do almoço. Ele encontrou com Sandra em um dos corredores, a abraçou e levou para uma sala de aula que estava vazia e atirou contra ela. Após o crime, Valdiógenes fugiu pulando o muro da escola e só se apresentou à polícia três dias depois.

Os dois eram casados há 21 anos e tinham uma filha de 14. Mensagens no aplicativo WhatsApp teriam motivado o crime.

Relacionadas:

Bombeiro que matou esposa vai para presídio após juíza negar prisão domiciliar
Bombeiro que matou professora tem processo suspenso pela Justiça
Major do Corpo de Bombeiros mata companheira dentro de creche em Castelo Branco
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas