Justiça

“Cometeram a bobagem de me prender, agora vão ter de suportar o peso”, diz Lula; assista

[“Cometeram a bobagem de me prender, agora vão ter de suportar o peso”, diz Lula; assista]
Por: Agência Brasil Por: Redação BNews 0comentários

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, nesta quarta-feira (16), que, independente do que decida o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão em segunda instância, ele só aceitará deixar a sede da Polícia Federal, em Curitiba, quando for comprovado que ele é inocente.

"Não estou reivindicando essa discussão de segunda instância. Não estou interessado nisso. Eu estou interessado na minha inocência", disse em entrevista ao UOL. Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo no caso do tríplex no Guarujá, em decisão assinada pelo hoje ministro da Justiça, Sérgio Moro.

"Quero que os ministros da Suprema Corte tenham acesso à verdade do processo e anulem. Se vai ser um ano a mais ou um ano a menos, se vou ficar aqui ou em outro lugar, não importa", declarou o petista.

O ex-presidente utilizou o mesmo argumento de quando foi levantada a possibilidade de progressão para o regime semiaberto em razão do cumprimento de um sexto da pena. "Não quero progressão da pena, quero a minha inocência", afirmou no mês passado.

"Não tem meio-termo comigo. O que eles vão fazer? Antigamente, era mais fácil. Mandava esquartejar, salgar, pendurar no poste. Cometeram a bobagem de me prender, cometeram a bobagem de me acusar, agora vão ter que suportar esse peso aqui dentro", concluiu.

Veja vídeo:

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas