Justiça

Presidente interino do TJ-BA é consagrado 2ª Vice-Presidente para o biênio 2020/2022

[Presidente interino do TJ-BA é consagrado 2ª Vice-Presidente para o biênio 2020/2022]
Por: Ascom/TJ-BA Por: Marcos Maia 0comentários

A eleição da mesa diretora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) segue na manhã desta quarta-feira (4), agora com a escolha do desembargador Augusto de Lima Bispo para ocupar a 2ª Vice-Presidente da corte 2020/2022. Bispo ocupa a presidência interina da corte após o afastamento de Gesivaldo Britto ocasionado pela Operação Faroeste.

A investigação apura venda de sentenças no âmbito do TJ-BA. A 2ª Vice-Presidência foi disputada entre Bispo e João Augusto de Oliveira, que somaram 33 e 22 votos, respectivamente. Com o advento da candidatura de Augusto de Lima, a eleição para o cargo foi presidida pela decana Sílvia Zarif. Ele volta a presidir a mesa para o sufrágio dos dois mandatos restantes - Corregedor Geral de Justiça e Corregedor das Comarcas do Interior. 

Antes do início da votação, anunciaram desistência da disputa as desembargadoras Nágila Maria Sales Brito, Cynthia Maria Pina Resende, Sandra Inês Rusciolelli e Jefferson Alves de Assis. Estas desistências, inclusive, viabilizaram a candidatura de Augusto de Oliveira. A posse da nova mesa diretora do TJ-BA acontece em 4 de fevereiro de 2022.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas