Meio Ambiente

MP-BA pede aumento da fiança de homem preso por tráfico de animais silvestres em Poções

[MP-BA pede aumento da fiança de homem preso por tráfico de animais silvestres em Poções]
03 de Maio de 2021 às 17:06 Por: Reprodução/Imprensa MG Por: Redação BNews

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) solicitou à Justiça aumento do valor da fiança para um homem preso em flagrante por tráfico de animais silvestres em Poções, sudoeste baiano.

De acordo com informações divulgadas pelo parquet, o pedido foi realizado pelo promotor Ruano Fernando Leite na última sexta-feira (30). De acordo com Leite, a prisão ocorreu na última terça-feira (27).

O acusado foi preso por comercializar, de forma ilícita, e submeter a maus-tratos, mais de 500 aves silvestres apreendidas no município. O homem foi liberado no mesmo dia após pagar fiança estipulada pela autoridade policial em cinco salários mínimos. 

O promotor pede que o valor seja ajustado para 50 salários mínimos.No pedido ele salienta que o homem “submeteu os animais a situação de abuso e maus-tratos ao mantê-los em condições precárias em caixas e em cativeiro residencial sem espaços apropriados, causando até a morte de muitos deles”. 

O promotor argumenta que a “resposta penal” não pode ser menor do que “a repercussão administrativa”, uma vez que a multa aplicada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) teria sido de R$ 24 mil. 

Leite  também estaca que, conforme valores informados pelo autuado, a venda ilegal dos animais silvestres apreendidos pela Polícia renderia um “lucro de R$ 21,9 mil, sem contar os animais que já foram vendidos anteriormente”. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar