Polícia

Laudo psiquiátrico aponta insanidade mental em agressor de Bolsonaro

[Laudo psiquiátrico aponta insanidade mental em agressor de Bolsonaro]
01 de Outubro de 2018 às 12:37 Por: Divulgação/Assessoria de Comunicação do 2° BPM Por: Redação BNews

A pedido da defesa de Adelio Bispo de Oliveira, agressor do deputado Jair Bolsonaro, uma avaliação psiquiátrica realizada por um profissional particular, apontou insanidade mental.

De acordo com os exames, Adélio sofre de distúrbios que alteram sua percepção da realidade. Com base no resultado, a defesa vai solicitar que ele seja transferido da cadeia para uma instituição psiquiátrico, conforme informações do Correi Braziliense.

Contudo, durante o primeiro inquérito para investigar o caso, a PF não solicitou exame psiquiátrico, por considerar que não seria uma atribuição dos investigadores. Para a PF, o agressor agiu por "divergências ideológicas" ao tentar matar o candidato do PSL à Presidência. A conclusão foi de que Adelio agiu sozinho. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar