Polícia

Policial acusado de matar Marielle Franco pede ao STF retorno a presídio do RJ

[Policial acusado de matar Marielle Franco pede ao STF retorno a presídio do RJ]
13 de Setembro de 2019 às 09:46 Por: Agência Brasil Por: Yasmin Garrido 0comentários

Os advogados do policial militar reformado Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, entrou com habeas corpus pedindo ao Supremo Tribunal Federal (STF) o retorno do cliente ao sistema prisional do Rio de Janeiro.

A defesa questionou a transferência de Ronnie Lessa para um presídio federal, autorizada pela 4ª Vara Criminal do Rio de Janeiro após pedido do Ministério Público. A decisão foi mantida pelo Tribunal de Justiça local (TJ-RJ) e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No Supremo, os advogados argumentam que não há provas de que o Presídio de Bangu I é insuficiente para manter o acusado e que o fato de Ronnie Lessa possuir vínculos de amizade com policiais ativos não pode servir como fundamento para a transferência para presídio federal.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas