Serviços

Voluntários prestam consultoria jurídica gratuita para população carente de Lauro de Freitas 

[Voluntários prestam consultoria jurídica gratuita para população carente de Lauro de Freitas ]
16 de Maio de 2019 às 09:24 Por: Reprodução / Grupo Bem Me Quer Por: Marcos Maia 0comentários

No próximo dia 25 de maio (sábado), o Grupo Bem Me Quer oferece consultoria jurídica em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, voltada à população mais carente do município. A ação acontece no Residencial Brisas de Itinga, localizado na Rua Dinah Rodrigues, das 9h às 12h. Durante o mutirão, serão oferecidas orientações relativas a questões judiciais relacionadas à temas como família, alimentos, divórcio, previdência, demandas criminais - como violência doméstica -, direito trabalhista e do consumidor, entre outros.  

O objetivo é escutar o problema dos participantes, explicando quais direitos elas têm e a maneira correta de agir caso seja necessário de fato judicializar a demanda. Quando esses casos forem identificados, o cidadão será orientado quanto a relação de documentos necessários para ingressar com a ação, e só então encaminhado para o Ministério Público, Defensoria e Delegacia, ou outro órgão competente. 

À princípio serão disponibilizadas 100 senhas, mas a organização do evento salienta que em caso de procura intensa podem acontecer mais atendimentos. O cidadão interessado em participar deve chegar ao local cerca de 30 ou 40 minutos antes do horário previsto para que passe por acomodação e triagem. Nesse momento, as demandas do participante serão identificadas, para que ele seja direcionado à um dos advogados voluntários. O cidadão também deverá preencher um formulário com nome completo, endereço, telefone e uma breve descrição do seu problema ou dúvida.

Essas informações servirão de estatística para a Bem Me Quer identificar as demandas mais recorrentes, e se organizar para atividades de consultora jurídica futuras. Atualmente, o grupo dispõe de 50 voluntários que trabalham como operadores do direito, entre advogados, juízes e estudantes. Deste montante, metade já confirmou participação na ação do próximo sábado, e outros ainda podem anunciar presença até a data. Vale salientar que os advogados em formação atendem supervisionados por um defensor formado.  

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas