Tecnologia e Ciência

Advogado faz alerta sobre nova política de privacidade do WhatsApp: ‘Falta muita transparência’

[Advogado faz alerta sobre nova política de privacidade do WhatsApp: ‘Falta muita transparência’]
19 de Maio de 2021 às 20:18 Por: Pixabay Por: Redação Bnews

O advogado Rafael Freire fez um alerta nesta quarta-feira (19), em entrevista ao programa BNews Agora, da Piatã FM, sobre a nova política de privacidade do WhatsApp, que teve início no Brasil no último sábado (15). De acordo com ele, “falta muita transparência” no pedido de autorização da plataforma ao usuário. 

“É uma política mais agressiva, com maior permissão de apreensão de dados. Para fazer isso, é preciso que as contas autorizem, mas eles não estão fazendo os pedidos diretamente, que é o correto. Falta muita transparência”, afirmou ele. 

O jurista explicou ainda que a nova política fere a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais do Brasil. “Na lei consta que é necessário que o usuário tenha consentimento livre, espontâneo e inequívoco, ou seja, as pessoas precisam estar cientes de cada passo. Esse conhecimento tem que passar por saber quais dados o aplicativo quer coletar, para que será utilizado, por quanto tempo vai usar e também deve haver a opção de retirar a permissão a qualquer momento com fácil acesso.”

Freire também afirmou que as contas que não derem autorização à plataforma devem sofrer sanções. “A promessa é de que no início comece a se restringir o acesso a textos e áudios e depois é esperado que haja o bloqueio total do aplicativo”, disse ele.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar