Justiça

Eleições OAB-BA: Dinailton Oliveira avalia que encabeçou 'campanha de abnegados' em prol da advocacia

Victor Pinto/BNews

Candidato reforçou na manhã desta quarta-feira (24) suas críticas de que a eleição para entidade foi marcada pelo "abuso de poder econômico e político"

Publicado em 24/11/2021, às 09h56    Victor Pinto/BNews    Victor Pinto e Marcos Maia

Candidato à presidência da seção Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), o advogado Dinailton Oliveira reforçou na manhã desta quarta-feira (24) suas críticas de que a eleição para entidade foi marcada pelo "abuso de poder econômico e político".

Em entrevista, ele avaliou que sua campanha "permaneceu dentro da legalidade", com um custo "bastante modesto". "Fizemos uma campanha de abnegados em prol da advocacia", disse durante passagem no Centro de Convenções, onde a votação acontece até às 19h.

"Você vê aqui uma demonstração inequívoca do abuso de poder econômico, mas eu acredito que nós temos uma eleição composta por um eleitorado de advogados, e acredito na consciência da advocacia”, continuou.

“Vamos ter uma OAB exatamente como o eleitorado quer. Acredito que eles queiram uma OAB não voltada para interesses pessoais mas coletivos. Tenho certeza de nossa vitória", concluiu.

Leia Também

Eleições OAB-BA: "Fizemos uma campanha propositiva, ética", avalia Daniela Borges

Candidata à presidência da OAB-BA diz que fica mais "tranquila" com observador na eleição

Eleições OAB-BA: Fabrício Castro avalia que pedido por observador federal foi  'desnecessário' e 'irrelevante' 

OAB-BA: Chapa de Ana Patrícia pede cassação de Daniela Borges por fraude eleitoral

Classificação Indicativa: Livre