Justiça

Nas eleições da OAB-BA, Fábio Mota comenta situação do Vitória: 'Enquanto há vida, há esperança'

Victor Pinto/BNews

Já sobre a indefinição quanto a realização do Carnaval, ao ser indagado recomendação da  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Bahia) de que a festa aconteça em um cenário onde 90% da população seja completamente vacinada contra a Covid-19, Mota, que é titular da Secult, disse que marca deve ser alcançada pela capital baiana em fevereiro do ano que vem.

Publicado em 24/11/2021, às 13h15    Victor Pinto/BNews    Victor Pinto e Marcos Maia

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, e presidente interino do Vitória, Fábio Mota foi um dos tantos advogados que exerceu seu direito ao voto nas eleições para o conselho seccional baiano da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) nesta quarta-feira (24).

Em conversa com o BNews, Mota comentou a derrota do Vitoria para o CRB, por 3x1, na última segunda-feira (24), e o risco que o time corre de ser rebaixado. "Enquanto há vida, há esperança. Quem morre de véspera é Peru. Como não sou peru, vou até o fim. Todos sabem como encontrei a situação. Estamos lutando e brigando bravamente", reforçou. 

Já sobre a indefinição quanto a realização do Carnaval, ao ser indagado sobre recomendação da  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Bahia) de que a festa aconteça em um cenário onde 90% da população seja vacinada com a segunda dose contra a Covid-19, Mota disse que marca deve ser alcançada pela capital baiana em fevereiro do ano que vem. 

"O Secretário Leo Prates [da pasta municipal de Saúde] disse que até fevereiro teremos a imunização dos 90%. Agora é aguardar a reunião de 2 de dezembro, que o prefeito vai fazer com o governador para definirmos como será - e se será", ponderou. 

Ele também acrescentou que tanto a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) quanto a Empresa Salvador Turismo (Saltur)  responsáveis pela organização da festa - estão "com tudo pronto" - seja nos moldes anteriores, em um formato menor ou indor.

 "O que a gente tem de esperar são as autoridades da Saúde", salientou.

Leia Também

Eleição OAB-BA: Comissão determina que chapas parem de usar carros de som no local de votação imediatamente

Eleições OAB-BA: "Vão gastar dinheiro com um colega que vem para cá fazer nada", alfineta Luiz Viana sobre observador federal

Eleições OAB-BA: Presidente da Comissão Eleitoral diz que grupo conseguiu praticamente zerar pendências sobre campanha

OAB-BA: “Infelizmente temos visto um abuso do poder econômico à frente do local de votação", lamenta Ricardo Nogueira

Eleições OAB-BA: Dinailton Oliveira avalia que encabeçou 'campanha de abnegados' em prol da advocacia

Eleições OAB-BA: "Fizemos uma campanha propositiva, ética", avalia Daniela Borges

Classificação Indicativa: Livre