Polícia

Levantamento revela que Bahia teve aumento superior a 30% nos registros de Feminicídio

[Levantamento revela que Bahia teve aumento superior a 30% nos registros de Feminicídio]
Por: Reprodução Por: Redação BNews 0comentários

Um levantamento publicado pelo jornal Folha de São Paulo neste sábado (22) revela que a Bahia está entre os oito estados da federação em que foi verificado um aumento superior a 30% nos registros de feminicídio do País em 2019. A Bahia aparece junto aos estados de São Paulo, Santa Catarina, Alagoas, Roraima, Amazonas e Amapá. 

Em números absolutos, a Bahia também foi o terceiro estado da República com maior registro de casos – 101 -, ficando atrás de São Paulo (182) e Minas Gerais (136). O periódico revela que, na contramão dos demais crimes violentos, o registro de feminicídio cresceu 7,2% em 2019.

Para produzir a reportagem, a Folha consultou as 27 unidades da federação e obteve dados que atestam a morte de 1.310 mulheres no ano passado - vítimas de violência doméstica ou por sua condição de gênero. Em 2018, foram 1.222. 

Ou seja: Três a quatro mulheres são assassinadas em média a cada dia no Brasil. Na maioria dos casos, essas mulheres são mortas por companheiros ou ex-companheiros.

Diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno afirma que - apesar de parte do crescimento no registro do feminicídio possa estar associado a uma maior capacitação das autoridades na tipificação do crime - os dados revelam que há crescimento real de casos.

“Em 2018, quando já havia redução dos crimes violentos no país, havia um aumento dos estupros e da lesão corporal dolosa em decorrência de violência doméstica. Então, se as mulheres estão apanhando mais em decorrência de violência doméstica, é provável que elas estejam morrendo mais em decorrência de violência doméstica”, conclui.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas