Mundo

Velório de Néstor Kirchner

Imagem Velório de Néstor Kirchner
Corpo do ex-presidente será velado na Casa Rosada a partir do meio-dia  |   Bnews - Divulgação

Publicado em 28/10/2010, às 08h05   Redação Bocão News


FacebookTwitterWhatsApp


O corpo do ex-presidente argentino Néstor Kirchner será velado nesta quinta-feira (28) na Casa Rosada, a partir das 12h (13h no horário brasileiro de verão), de acordo com o anúncio feito pelo ministro do Trabalho, Carlos Tomada, em Buenos Aires, nesta quarta-feira (27). Neste momento, uma multidão faz vigília em frente a sede do governo argentino.

O ex-presidente morreu por volta das 10h de ontem (27), vítima de um ataque cardíaco. "Foi uma morte súbita", disse Luis Buonomo, médico de Kirchner. Ele e a esposa, sua sucessora e atual presidente da Argentina, Cristina Fernández Kirchner, descansavam na residência da família em El Calafate, na província de Santa Cruz, quando ele passou mal.
 Kirchner, que tinha um histórico de problemas cardíacos - precisou ser internado às presas no hospital José Formenti, mas não resistiu.
O ex-presidente, que presidiu a Argentina de 2003 a 2007,  já havia sido internado por problemas de saúde duas vezes este ano. Na última, em setembro, foi submetido a uma angioplastia.

 Lula e Kirchner em encontro durante reunião da Unasul em 2009
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já afirmou que vai acompanhar, na próxima sexta-feira (29), o velório do colega argentino, em Buenos Aires. Por meio da assessoria do Palácio do Planalto, Lula enviou um comunicado à imprensa sobre o falecimento de Kirchner e decretou luto oficial de três dias no país. Informações do Estadão e jornal Zero Hora.
Confira a íntegra da nota:
"O governo brasileiro e eu recebemos consternados a notícia da morte de Néstor Kirchner, secretário-Geral da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) e ex-presidente da República Argentina.
Sempre tive em Néstor Kirchner um grande aliado e um fraternal amigo. Foram notáveis o seu papel na reconstrução econômica, social e política de seu país e seu empenho na luta comum pela integração sul-americana. Os brasileiros se associam à dor de nossos irmãos argentinos neste momento amargo.
Transmito, em nome de meu governo e do povo brasileiro, à presidente Cristina Fernandez de Kirchner nosso imenso pesar e solidariedade. Como expressão dos nossos sentimentos, decreto luto oficial por três dias".

Fotos: AP

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp