BNews Nordeste

Em 40 anos, apenas quatro mulheres foram governadoras em estados do Nordeste

Divulgação

Nas quatro décadas, desde 1982, apenas quatro mulheres foram eleitas em oito mandatos

Publicado em 02/04/2022, às 06h00    Divulgação    João Brandão

A cada 10 anos, uma mulher é eleita governadora no Nordeste. Esta é a realidade, conforme levantamento feito pelo BNews Nordeste, nos últimos 40 anos.

Segundo a pesquisa, nas quatro décadas, desde 1982, apenas quatro mulheres foram eleitas em oito mandatos. De 82 até 90, nenhuma havia sido eleita. Em 1994 o Maranhão começou a mudar essa história.

Veja também: “Não existe democracia com mulheres sub-representadas”, diz Aladilce

Roseana Sarney, filha de José Sarney, foi eleita em 1994 pelo PFL. Quatro depois conseguiu a reeleição. Em 2002 foi a vez do Rio Grande do Norte eleger uma mulher. Wilma de Faria (PSB) foi a chefe do Executivo estadual naquele ano. Em 2006 ela foi reeleita.

O quinto mandato de uma mulher no Nordeste veio novamente com Roseana Sarney, em 2009, quando precisou assumir o governo após cassação de Jackon Lago.

Em 2010 pela primeira vez duas mulheres foram eleitas. Roseana, pela quarta vez, assumiu o governo do Maranhã, e Rosalba Ciarlini (DEM), que foi eleita no Rio Grande do Nordeste.

Em 2014 nenhuma mulher foi eleita. Em 2018, Fátima Bezerra (PT) deu o nome e foi consegrada governadora do Rio Grande do Norte.

A realidade do Nordeste é a mesma do Brasil. Só 6 Estados brasileiros elegeram mulheres governadoras em toda a história da República. Foram, no total, oito mulheres eleitas em 11 disputas eleitorais.

Além do Rio Grande do Norte e do Maranhão, Pará, Rio de Janeiro, Roraima e Rio Grande do Sul também elegeram mulheres.

Apesar das iniciativas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para aumentar a participação feminina na política, as mulheres ainda são minoria a ocupar cargos eletivos no país. A proporção em relação ao total de eleitos não chega a 20%, em cada uma das últimas 4 eleições.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre