BNews Nordeste

Operação da PF: Funcionários do TRT/SE são acusados de furtar notebooks do Tribunal

Reprodução/Google Maps

Ainda durante a operação, já foram recuperados alguns equipamentos furtados

Publicado em 05/08/2022, às 11h27    Reprodução/Google Maps    Redação BNews

Durante a operação ‘Antivírus’, deflagrada pela Polícia Federal (PF), com o apoio do Tribunal Regional do Trabalho de Sergipe (TRT/SE), nesta sexta-feira (5), funcionários de uma empresa terceirizada foram acusados de ter furtado notebooks do Tribunal. Segundo a PF, foi identificado o sumiço de cerca de 40 aparelhos.

Com a investigação também foi constatado que alguns desses equipamentos desparecidos começaram a ser anunciados em sites de vendas, motivando a suspeita de furto e receptação ilegal. Após o TRT/SE acionar a Polícia Federal, alguns equipamentos foram recuperados, sendo possível identificar a participação direta de funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços para o Tribunal na área de informática.

Ainda durante a operação, foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão contra 3 suspeitos, incluindo a sala destinada aos funcionários terceirizados do setor de informática do Tribunal Regional do Trabalho em Sergipe. Também foram cumpridas medidas de afastamento do cargo contra dois colaboradores da empresa terceirizada, os quais vinham prestando serviços no Tribunal.

Segundo informou o Presidente do TRT/SE, até o momento não foi identificada a participação de servidores do Tribunal.

No decorrer do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram apreendidos um notebook e equipamentos periféricos de informática.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre