Personalidade

No 1° dia em Barcelona, Neymar é acusado de homofobia

Imagem No 1° dia em Barcelona, Neymar é acusado de homofobia

Jogador vai enfrentar polêmica na Espanha

Publicado em 04/06/2013, às 07h02        Redação Bocão News (Twitter:@bocaonews)


No mesmo dia em que foi apresentado com festa no Camp Nou - estádio do Barcelona -, Neymar teve o nome envolvido em sua primeira polêmica em terras espanholas. O jogador é acusado pela associação "Observatório contra a Homofobia na Espanha" de ter estrelado uma campanha publicitária que ofende a comunidade gay.
"É uma peça ofensiva, e qualquer pessoa com algum discernimento pode perceber", afirmou Eugeni Rodríguez Giménez, 45 anos, 29 deles dedicados à luta pelos direitos dos homossexuais na Espanha. Presidente e fundador do Observatório, ele encontrou a reportagem do UOL Esporte no centro de Barcelona hora depois de Neymar assinar contrato com o Barça.
A peça em questão é uma propaganda da marca de roupas íntimas Lupo, que já havia sido alvo de protesto do movimento gay brasileiro quando foi lançada há algumas semanas. Nela, Neymar aparece se exibindo só de cueca para algumas mulheres em uma loja, mas foge quando o cliente é um homem. O tom do anúncio é jocoso.

Confira o comercial:

Classificação Indicativa: Livre