Personalidade

Record e Gugu através de acordo tentam evitar multa rescisória de R$ 100 milhões

Imagem Record e Gugu através de acordo tentam evitar multa rescisória de R$ 100 milhões

O apresentador se mudou para a Record em junho de 2009 com contrato de 8 anos

Publicado em 08/06/2013, às 06h25        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Com a saída de Gugu Liberato oficializada na tarde desta sexta-feira (7), a Rede Record e o apresentador chegaram a um acordo, que tenta evitar a multa rescisória estimada em R$ 100 milhões. Os advogados das duas partes se reuniram e elaboraram uma cláusula para o distrato que consiste em não divulgar o valor acertado. Conforme site iG Gente.

Gugu despede-se da emissora nesse domingo (09), em seu último programa, que vai ao ar a partir das 15h30. Em junho de 2009, o apresentador assinou um contrato de oito de oitro anos com a Record, mas nessa quinta (6), quatro anos antes do vencimento, Gugu pediu demissão.

A Record oficializou a saída de Gugu por meio de comunicado enviado à imprensa. Confira na íntegra:
"A Record e o apresentador Gugu Liberato, depois de um ciclo de quatro anos de contrato, decidiram rescindir o acordo que estava em vigor. A emissora e o apresentador consideram que o período de convivência profissional foi proveitoso para ambas as partes e atingiu seus objetivos.
A Record teve em seu elenco um dos maiores apresentadores da televisão brasileira e ofereceu todas as condições para que Gugu e sua equipe desempenhassem o seu trabalho.
Este contrato entre Gugu e Record chega ao final de forma acordada e sem qualquer impedimento para novas parcerias futuras ao longo do tempo.
Devido às mudanças de condições de mercado e a abertura de novas oportunidades, Gugu acredita ser o momento de investir em produção independente inclusive através de sua produtora GGP.

A Record deseja que Gugu Liberato siga em sua trajetória profissional e pessoal com muito sucesso."

Foto: Divulgação / iG Gente


Classificação Indicativa: Livre