BNews Pet

Xi, rasgou!! Cãolunista mostra quais são os brinquedos mais recomendados para o seu pet

[Xi, rasgou!! Cãolunista mostra quais são os brinquedos mais recomendados para o seu pet]
21 de Maio de 2021 às 05:55 Por: Arquivo BNews Por: Oreo, o Cãolunista

Genteeeee!! Hoje eu vim aqui para contar os meus dramas com brinquedos. Eu amo brincar!! Amo muito, desde pequenininho. Mas, tenho os dentes muito fortes (lembram que eu cuido bem deles, né?). Rasgo quase todos os meus brinquedos e já estou devendo alguns reais a meus humanos (e eles me devem R$ 36 do ovo de Páscoa para pet, porque compraram sabor peixe - para gatos).

Meus dois primeiros brinquedos foram uma cordinha vermelha (que eu já comi) e uma rosquinha azul, que eu conservo como se fosse um troféu (olha eu com ela na foto). Da primeira infância, só a rosquinha me sobrou. O resto eu destruí. Já arranquei cabeça de porco, rabo de macaco, depenei um frango inteiro e nem a minha luva do Mickey, que a minha avó me deu de Natal eu perdoei (mas, meus humanos prometeram costurar ela).

Aí, já de olho nesse meu hábito de destruir brinquedos, eu comecei a ganhar coisas mais resistentes. E vou mostrar tudo pra vocês aqui. Desde dezembro, ainda não consegui destruir um osso marrom extra forte que ganhei. Ele é ótimo e eu passo muito tempo roendo e gastando energia - tenho muita!!

Também ganhei uma corda grande, que, apesar de eu já ter comido alguns fiapos dela, ainda consigo mantê-la inteira. Adoro disputar cabo de guerra com meus humanos, porque eu sempre ganho (ou eles me deixam ganhar…). Já uma banana hiper resistente, eu comi toda. Acho que senti fome!! Minha namorada, Atheninha, tem a mesma banana há três anos e está intacta. (Ela é muito cuidadosa e delicada!!).

Meu mais novo favorito é um monstrinho (vou mostrar ele pra vocês), que dá pra colocar petisco dentro. A lógica é o cão tentar tirar o petisco de dentro do brinquedo, mas eu não consigo, meus humanos ficam com pena e tiram pra mim. 

E, claro, não podem faltar na minha lista de brinquedos aqueles naturais de roer, como as famosas orelhas de boi. Esses dias, fui passear e ganhei uma rosquinha de carne. Devorei em segundos, mas tive uma leve dor de barriga. Acho que deveria ter ido com mais calma…

Muita gente chama a orelha de boi de petisco, e outros feitos com cartilagem animal também. Mas, pra mim, é brinquedo. Me divirto bastante roendo tudo. Fico entretido por muito tempo, gastando energia. Agora, humanos, fiquem de olho para o cão de vocês não extrapolar o limite e acabar machucando os dentes ou a gengiva.

Tem também o disco, que é uma excelente opção para seu cão gastar energia ao ar livre. Infelizmente, eu não sei brincar disso ainda. Meus humanos jogam o disco, eu corro atrás, mas não pego. Eu fico latindo até eles pegarem. Já minha amada Atheninha dá saltos lindos, dignos de Olimpíadas!! Vê só que perfeição!!

‘Ah, Cãolunista, você está falando em brinquedos que custam dinheiro, mas nem todo mundo pode pagar. E aí?’. Calma, gente, você mesmo pode preparar vários brinquedos divertidos para seu pet. Se liga aqui nas minhas dicas!! Tomou um refrigerante e não sabe o que fazer com a garrafa plástica? Não jogue no lixo!! Faça alguns furos nela, coloque grãos de ração dentro e dê para seu cachorro. Ele vai ficar horas brincando e, de quebra, petiscando.

Tem um cachorro grandão (bem maior que eu)?? Sabe pneu de carrinho de mão? Então, se você conseguir um, higienize bastante e dê para seu cão morder. Ele vai se exercitar, brincar e ainda te agradecer com muitas lambidas. Outra opção é trançar algumas cordas, de qualquer tamanho - podem ser três. Você vai conseguir um super brinquedo pra seu amigo - e vai poder brincar com ele também.

Agora, se tiver uma grana reservada pra seu bichinho, dá pra comprar vários brinquedos sem  gastar muito. Os ossos de borracha vocês encontram por R$ 15, enquanto os mais resistentes, tipo o que eu ganhei, custam cerca de R$ 40. Já as cordas têm valores entre R$ 20 e R$ 40. Quer uma opção tipo o Monstrinho, ele custa R$ 36 em Salvador, enquanto o Kong é mais salgado, com média de preço entre R$ 56 e R$ 90.

Agora, atenção, humanos!! É necessário ficar ligado nas recomendações das embalagens. Nem todo cachorro pode usar qualquer tipo de brinquedo. E outra coisa, é importante comprar sempre o brinquedo destinado a pet - nada de objetos de crianças ou sei lá o quê. Cachorro brinca com brinquedo de cachorro (mesmo que, às vezes, destrua sem querer o brinquedo)!!

De acordo com a médica veterinária Michele Claviço, “o brinquedo deve ser resistente para que não solte nenhuma parte que o pet corra o risco de ingerir e acabar com um corpo estranho no trato intestinal”. Por isso é importante ficar de olho nas recomendações, instruções de uso e, principalmente, na destinação do brinquedo. (Eu, por exemplo, não posso ter uma bolinha de plástico, porque vou destruir e comer os pedaços).

Outra dica da Dra. Michele é fazer um revezamento de brinquedos. Não deixe todos disponíveis pra seu parceiro e, principalmente, guarde tudo na hora de dormir. Eu costumo ficar manhoso e agitado antes de pegar no sono. Quero sempre uma brincadeira de jogar bichinho pra lá e pra cá. Mas, quando as luzes apagam, já era. Acabou a farra!!

E acabou também a coluna de hoje, pessoal!! Na próxima semana eu volto com mais dicas e informação sobre o mundo pet! Meus humanos estão me adestrando e, em breve, vocês vão conferir o resultado de todo esse esforço (e haja esforço, viu, porque eu sou impossível!!). Fui!!

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar