Polícia

Dono de lava jato no Paralela Park é morto a tiros nesta quinta (2)

Segundo testemunhas, o crime foi cometido por Tiago Cruz, conhecido como "Macarrão", após uma discussão com a vítima

Publicado em 03/07/2015, às 09h20    Reprodução    Redação Bocão News (twitter: @bocaonews)

Na tarde desta quinta-feira (2), o dono de um lava jato na região do Paralela Park, no bairro de Canabrava, foi morto a tiros após uma discussão com um morador por volta das 14h. A vítima, Pedro Raimundo Nunes Viana, tinha 56 anos e foi atingido por três disparos nas costas no local onde trabalhava. 
De acordo com o subtenente Cosme Mendes, da 50ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), os populares apontam como autor do crime um homem identificado como Tiago Cruz, conhecido como "Macarrão", residente do condomínio Nova Cidade 11, também em Canabrava. Segundo relato de testemunhas, os dois tiveram uma discussão e Tiago ameaçou a vítima ao deixar ao local. Em seguida, o rapaz retornou e atirou três vezes contra o senhor Pedro. 
Policiais militares efetuaram buscas na região, mas não localizaram o suspeito. A mãe de Tiago informou aos agentes que o filho não teria retornado para casa. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Classificação Indicativa: Livre