Polícia

Operação Monte Santo prende delegados e policiais

Crimes eram praticados em Monte Santo e Cansanção

Publicado em 06/05/2011, às 11h53        Redação Bocão News

Dois delegados de polícia, um soldado da PM, um escrivão, um advogado e um servidor municipal da prefeitura de Monte Santo, sertão baiano, a 367 km de Salvador, foram presos na manhã desta sexta-feira (6) durante a operação “Monte Santo”, realizada pela Polícia Civil.

Segundo a 19ª Coorpin de Senhor do Bonfim, que cumpriu dez mandados de busca e apreensão e outros seis mandados de prisão, todos expedidos pela Justiça, o delegado titular de Monte Santo, Josevânio da Rocha Araújo, comandava um esquema de corrupção praticado nas delegacias de Monte Santo e Cansanção.

Também participavam do esquema o titular da delegacia de Cansanção, Carlos Roberto Botelho Vasconcelos; o soldado da PM Jullian Ross Dias Serafim; o escrivão AD-HOC Lindon Johnson Salvador Lopes; o advogado e ex-procurador do município de Cansanção, Alexandro Soares Andrade, conhecido como Alex, e o servidor municipal de Monte Santo, Cleudisson da Santana Campos, vulgo Cleiton, que trabalhava como motorista do juiz da cidade.

O esquema de corrupção e extorsão funcionava dentro das delegacias. “O soldado e o escrivão apreendiam carros com restrições, como furto ou roubo, e negociavam propina, junto aos delegados e ao advogado, para não prenderem as pessoas e liberarem os veículos. Além disso, a quadrilha também arrecadava dinheiro com o tráfico de drogas na região, com o jogo do bicho e caça-níqueis. O servidor da prefeitura também passava informações privilegiadas ao tráfico”, explicou ao jornal A Tarde Felipe Nery, o coordenador da 19ª Coorpin (Senhor do Bonfim).

Com os integrantes, foram encontrados materiais como munição calibre 9mm, de uso restrito, de posse do advogado Alexandro, com quem também foram encontradas aves silvestres. O servidor municipal Cleudisson detinha também armas, munição e veículos com restrições de roubo e furto.

Classificação Indicativa: Livre