Polícia

Bases da polícia comunitária no Nordeste de Amaralina são inauguradas

Imagem Bases da polícia comunitária no Nordeste de Amaralina são inauguradas

Políticos e secretários também compareceram ao evento na manhã desta terça-feira

Publicado em 27/09/2011, às 12h27        Fabíola Lima


Após cinco meses da instalação da base comunitária de segurança no Calabar, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia inaugura três bases no Nordeste de Amaralina: no Centro Social Urbano (CSU), no Beco da Cultura (Nordeste de Amaralina); na Rua Coréia do Sul, Chapada do Rio Vermelho; e Rua Nova República, ao lado do colégio Dionísio Cerqueira, na Santa cruz. São mais de 300 policiais sob o comando da PM capitã Roseane Guimarães. Muitos políticos e secretários estão no local para prestigiar a inauguração das bases. Além do governador, participaram da solenidade o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, o comandante-geral da PM, Coronel Alfredo Braga de Castro, o prefeito de Salvador, João Henrique, dentre outras autoridades. “É mais um momento importante na caminhada pela paz”, ressaltou Wagner.


Mostrando-se ansioso, o secretário se segurança pública, Mauricio Teles Barbosa lembrou que a inauguração na base seria para o fim de agosto. “Ainda bem que conseguimos antecipar a inauguração que acontece hoje no dia dos santos Cosme e Damião, para quem acredita na religião. A expectativa era grande, finalmente estamos aqui para inaugurar as três bases e tudo foi possível devido a parceria público privada, que acelerou a reforma. Agora é continuar o trabalho”, disse Maurício Teles.
Na defensiva, o prefeito João Henrique declarou que agora a prefeitura trabalhará na comunidade do bairro. “Antes não poderíamos entrar na comunidade para prover serviços de limpeza, atendimento médico e outros. Os criminosos impediam o trabalho. Mas agora com a ação do governo do estado na instalação das bases comunitárias, a prefeitura trabalha”, alegou JH. 


Para a Capitã Rosane que comandará a base comunitária, a política de trabalho será a mesma já executada no Calabar, “nosso trabalho é em parceria com a comunidade com o policiamento ostensivo e de prevenção, mas o objetivo aqui é a integração com os moradores do Nordeste de Amaralina”. 
Esta é mais uma ação continua para garantir a segurança nos bairros. Uma metodologia que deu certo no Calabar e o próximo passo será no Subúrbio Ferroviário, “pode ser nos próximos cinco meses se tudo continuar dando certo”, complementou o governador Jaques Wagner.



Foto: Gilberto Júnior - Bocão News
Matéria publicada às 10h

Classificação Indicativa: Livre