Polícia

Policial militar sequestra e mata namorada com tiro na boca dentro de universidade 

[Policial militar sequestra e mata namorada com tiro na boca dentro de universidade ]
28 de Novembro de 2020 às 07:52 Por: Reprodução/TV Rio Sul Por: Redação BNews

Um policial militar foi preso em flagrante por sequestrar e matar a própria namorada nesta sexta-feira (27), em uma universidade do Rio de Janeiro. O crime aconteceu após os dois terem discutido dentro do carro do acusado no campus do Centro Universitário de Valença, onde a vítima, identificada como Mayara Pereira de Oliveira Fernandes, cursava pós-graduação. 

Os seguranças da unidade de ensino viram o conflito, detectaram que o PM estava armado e acionaram a polícia. Ao chegar no local, policiais civis e militares tentaram negociar, mas o suspeito manteve Mayara refém por duas horas e meia e em seguida atirou em sua boca. O atirador foi imobilizado e preso, conforme informou o G1. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro, mas ela não suportou a quatro paradas cardíacas e morreu. O homem está à disposição da Justiça. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar