Polícia

Homem de 40 anos espanca a namorada adolescente e envia áudio da agressão para o tio da vítima

[Homem de 40 anos espanca a namorada adolescente e envia áudio da agressão para o tio da vítima]
22 de Julho de 2021 às 12:56 Por: Reprodução/ RecordTV Itapoan Por: Redação BNews

Uma adolescente de 17 anos foi espancada pelo companheiro de 40 anos, na quarta-feira (21) em um sítio na cidade de Candeias, e o agressor gravou um áudio para o tio da moça, avisando que tinha batido nela e que poderia matá-la se ele não fosse buscá-la. O casal se relaciona desde 2019, mas o namoro seria bastante conturbado, segundo a jovem.

A família da adolescente tinha conhecimento sobre o namoro. A jovem relatou ao Balanço Geral nesta quinta-feira (22) que ao menos cinco vezes foi agredida pelo companheiro e, sempre que voltava para a casa de familiares, ele ia procurá-la e ela acabava retornando para o sítio para ficar com o agressor.

Parte do último ataque foi gravado pelo próprio homem e enviado para o tio da adolescente, que ficou desesperado quando teve acesso ao conteúdo da mensagem e imaginou que a sobrinha tivesse sido assassinada. O choro e os gritos da jovem são nítidos durante a gravação.

O motivo da briga, segundo a vítima, teria sido o ciúme excessivo do namorado, que achou que ela estava falando com outros homens através do celular, mas ela apenas conversava com uma amiga. “Ele pegou meu celular e não queria devolver. Me deu murros no braço e no peito, ameaçou me matar. Ele é muito ciumento. Pra ele, mulher não pode ter relação com homem nenhum, só tem que viver do lado dele”, contou a adolescente.

A polícia foi chamada horas depois para atender a ocorrência e, quando as equipes chegaram ao sítio, foram impedidas pelo agressor de entrar, pois estariam sem mandado. A vítima prestou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Candeias e passou por exame de corpo de delito.

“A policial que esteve no sítio me disse para prestar queixa e que, se voltasse pra ele de novo, iria acabar sendo morta por ele. Quando ele bebe, fica transtornado. Se a pessoa faz qualquer pergunta, fica agressivo. Discute sem explicação”, acrescentou a moça. O homem continua livre.

O tio dela afirmou ao Balanço Geral que ficou desesperado quando ouviu a mensagem após o plantão no trabalho. “Fiquei em pânico, achei que estava morta. Minha mãe passou mal. Como ele grava a tortura e manda para o tio? Sou forte, sou agente de segurança, mas, por pouco, não dei um troço achando que ela estava morta. É muita ousadia um outro ser humano decidir gravar áudio de tortura e mandar pra família! Agiu de um modo selvagem”, destacou o tio.


 

Classificação Indicativa: 14 anos


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar