Polícia

Traficante pode ter queimado motos e carros no Detran por vingança

[Traficante pode ter queimado motos e carros no Detran por vingança]
15 de Janeiro de 2013 às 06:07 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Quatro motos e um carro foram incendiados por um traficante na madrugada desta segunda-feira (14), no pátio do Detran, segundo informações do site de Adelson Carvalho.



A polícia investiga o caso e trabalha com a hipótese de vingança, pois o rapaz que seria o “terror da Fazenda Grande do Retiro”, teve sua moto apreendida e não conseguiu recuperá-la.No entanto, a assessoria de imprensa do Detran informa que ainda não há uma linha de apuração sobre quem pode ter sido o causador do incêndio e que apenas "três sucatas de carro foram queimadas". Ainda de acordo com o órgão, no momento do crime, alguém foi visto da passarela jogando algo que fez com que o fogo se alastrasse no local.

De acordo com o diretor do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran), major Maurício Botelho, existe a suspeita de que o criminoso seja realmente um homem que teve o veículo apreendido no sábado. Mas, o caso que já foi notificado pela polícia Civil e passará por investigações. “Não podemos acusar ninguém, mas há suspeitos que serão procurados. Durante a ação criminosa, apenas 13 motos foram atingidas pelas chamas provocadas por uma bomba caseira que foi lançada no pátio e não há risco no local”, informou o Botelho.

Apesar de ter um muro alto, o pátio do detran onde ficam os veículos apreendidos está passivo de ações como esta. “Já pensamos na possibilidade de atendados como este e por conta disso colocamos ao lado do muro apenas veículos que já estão no Detran há mais de três meses, e passivos de irem para um leilão, os que já estão sucateados”, finalizou.




*Matéria publicada originalmente às 10h06 do dia 14/01
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar