Polícia

COE apreende tonelada de maconha que iria para Micareta de Feira

divulgação

Crack, lança, e rebites também foram apreendidos

Publicado em 16/03/2013, às 07h48    divulgação    Redação Bocão News (Twitter:@bocaonews)

A Polícia Civil apresenta apresentou na sede da Coordenadoria de Operações Especiais (COE), na região do Aeroporto, o resultado da operação deflagrada, na quinta-feira (14), num pedágio da rodovia BR-116, em Santo Estevão. Foram apreendidos uma tonelada de maconha, 8 kg de crack, 50 kg de bicarbonato de sódio, 13 frascos de lança-perfume e 12 mil comprimidos de anfetamina, conhecido como “rebite”.



Residentes em Feira, os traficantes Ronaldo Silva Vicente, Marcone dos Santos Gomes, Agnaldo Oliveira Pereira, Oziel Santos Rios, Evandro Oliveira Pereira, Júlio César de Jesus Silva, Lara Maria de Araújo Vieira e Maria Rosângela de Lima Santos vinham sendo monitorados há algumas semanas.



Eles foram presos e os quatro carros, que usaram para trazer a droga, proveniente de Foz do Iguaçu, apreendidos. A maconha, o crack, as lanças e os “rebites” seriam distribuídos na micareta de Feira, prevista para o período de 25 a 28 de abril, e em toda a região. O delegado-geral Hélio Jorge, acompanhado dos delegados André Viana, diretor do Denarc, e Moisés Damasceno, diretor do Depin, conduz a apresentação.

Segundo informações da Ascom / Polícia Civil, desde o início do ano, três toneladas de maconha já foram apreendidas em todo o Estado.

Acompanhado do promotor Ramires Tirone Carvalho, do Ministério Público, e do delegado André Rocha Gonçalves, responsável pela área de narcóticos da Polícia Federal, o delegado-geral Hélio Jorge atendeu a imprensa nesta manhã na COE para falar da operação. “O trabalho da força tarefa está em evolução. Já são mais de três toneladas aprendidas apenas neste ano, sendo duas toneladas e meia em três grandes ações.” enumerou Hélio Jorge, lembrando que o restante foi apreendido em operações contínuas realizadas em Salvador e RMS.


Coordenada pelos delegados André Viana, diretor do Departamento de Narcóticos (Denarc), e Ricardo Brito Esteves, titular da 1ª Coorpin, unidade do Departamento de Polícia do Interior (Depin), a operação reuniu mais de 40 policiais civis, entre eles os delegados Mateus Souza Lima, o novo titular da DTE/Feira, e Alexandre Narita, hoje no Departamento de

Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Eles coordenaram desde o início as investigações em Feira e municípios limítrofes, uma vez que os traficantes presos eram residentes na região e vinham sendo acompanhados pela polícia.

“As investigações revelaram que essa carga chegaria nesta semana”, afirmou o delegado André Viana, que assumiu recentemente o Denarc. “Não tínhamos dados precisos de horário, mas recebemos a informação de que os traficantes estavam na estrada, rumando para Feira”, acrescentou o delegado Ricardo Esteves. As equipes da Polícia estavam postadas em vários trechos da rodovia BR-116, acompanhando a evolução dos traficantes, cujos veículos chegaram ao pedágio em comboio.

Matéria originalmente publicada no dia 15 de março de 2013, às 11h34. 




Classificação Indicativa: Livre