Polícia

Segurança no limite? 1ª e 5ª delegacias são interditadas por superlotação

Imagem Segurança no limite? 1ª e 5ª delegacias são interditadas por superlotação

Locais não podem mais receber presos e nem transferí-los

Publicado em 04/06/2013, às 20h03        Caroline Gois (twitter: @goiscarol)

Capacidade máxima atingida. Esta é a situação da 1ª e 5ª delegacias, localizadas nos bairos de Barris e Periperi, respectivamente. Segundo fontes ligadas ao site Bocão News, a Justiça interditou as duas unidades devido à superlotação. Ainda segundo a fonte,  os suspeitos presos são levados até as delegacias, a acorrência é feita mas, ainda que com a interdição, alguns continuam sendo amontoados nas celas. Isso porque, de acordo com a denúncia, não há mais espaço para detentos nos presídios e por isso, a polícia não pode realizar a transferência.

A situação que se apresenta como uma calamidade que repercute diretamente na segurança pública do Estado, pode ser avaliada com os números divulgados no site da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (SEAP-BA). Com dados atualizados no dia 27 de maio, é possível constatar que na Bahia há 8359, sendo que 3365 destes presos representam a capacidade excedida.




Na capital, onde há dez presídios, ao todo são 3670 detentos e 478 deles representam a superlotação. Sete unidades prisionais estão com o valor excedido.

A reportagem já entrou em contato com SEAP para obter esclarecimentos sobre as denúncias e saber se há algum plano para absorver os presos destas duas delegacias, tendo em vista que os próprios presídios estão, na maioria deles, com a capacidade excedida. Ainda na tarde desta terça-feira (4) a SEAP irá falar sobre o assunto. Um contato com a Polícia Civil também já foi feito, mas ainda sem êxito.


Com celas lotadas, o índice de fugas aumenta, a insegurança bate na porta da população e, sem um plano de reestruturação carcerária os números que excedem às prisões podem pontuar nos índices da violência.

Nota originalmente postada às 13h do dia 4

Classificação Indicativa: Livre