Polícia

BA: Cunhados saem para fazer orçamento e são encontrados mortos em manguezal

Reprodução/Redes sociais
Os cunhados ficaram desaparecidos por três dias; eles foram mortos a tiros  |   Bnews - Divulgação Reprodução/Redes sociais

Publicado em 16/05/2023, às 07h41 - Atualizado às 10h29   Nilson Marinho


FacebookTwitterWhatsApp

Danilo Matos Santos e Sidnei Café de Souza eram cunhados e estavam desaparecidos há três dias. As buscas para encontrá-los acabaram na manhã do último domingo (14) quando os corpos dos dois foram achados com marcas de tiros em uma área de manguezal, no bairro São Domingos, na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia.

Danilo e Sidnei, trabalhavam na área da construção civil e haviam saído de casa na quinta-feira (11) para fazer um orçamento em uma obra. Pessoas que os viram pela última vez relataram aos seus familiares que os homens foram vistos entrando em um carro no sábado (11). Depois disso, as mochilas das vítimas foram localizadas com manchas de sangue em um matagal na BA-001.

A Polícia Civil diz que a 1ª Delegacia Territorial (DT) de Ilhéus apura as mortes dos cunhados. "A unidade policial expediu as guias para remoção e perícia e vai apurar a autoria e motivação do crime", informou a instituição.

A Polícia Militar afirma que, por volta das 8h20 de domingo, policiais militares da 70ª Companhia Independente da PM (CIPM) foram acionados para averiguar uma denúncia de dois homens caídos ao solo, vítimas de disparos de arma de fogo, na Rodovia BA-001, KM-279. "No local, a guarnição constatou o fato. Os militares acionaram o Departamento de Polícia Técnica [DPT] para a remoção dos corpos e realização de perícia."

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp