Coronavírus

Vídeo: Convocada pelas redes sociais, festa com quase 100 pessoas é interrompida pela polícia

[Vídeo: Convocada pelas redes sociais, festa com quase 100 pessoas é interrompida pela polícia]
07 de Abril de 2021 às 08:30 Por: Reprodução Por: Redação BNews

Uma festa clandestina com quase 100 pessoas foi interrompida em um estabelecimento na Avenida São Miguel, na Zona Leste de São Paulo, na noite deste domingo (4). O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo, com 78.554 óbitos.

Segundo a Polícia Civil, a festa foi convocada pelas redes sociais, inclusive com venda de ingressos. Três organizadores do evento foram detidos e uma arma apreendida. Policiais civis e militares, além do Procon e da Vigilância Sanitária, participaram da operação. 

Ainda de acordo com a polícia, 97 pessoas estavam no local e a maioria era homens. Pelo menos 40 pessoas estavam sem máscara e consumiam bebidas alcoólicas, além de compartilharem narguilé. O local também tinha pouca ventilação.

O estabelecimento foi multado pela Vigilância Sanitária em mais de R$ 190 mil por permitir pessoas sem máscara no local. Já o Procon aplicou outra penalidade de mais R$ 50 mil pelo descumprimento da lei antifumo em local fechado.

Os detidos foram encaminhados ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC). Os frequentadores da festa clandestina foram liberados após a operação.

 

 

 

 

Cenário da covid-19       
O Brasil bateu a marca das quatro mil mortes diárias por covid-19. De acordo com o balanço diário do Ministério da Saúde divulgado na noite desta terça-feira (6), entre ontem e hoje as autoridades de saúde confirmaram 4.195 óbitos em função da doença.

Com isso, o número de vítimas que não resistiram à pandemia do novo coronavírus subiu para 336.947. Ainda há 3.598 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

Já o número de novos casos confirmados em 24 horas foi de 86.979. O país chegou a 13.100.580 pessoas infectadas desde o início da pandemia. 

O número de pessoas recuperadas subiu para 11.558.774. Já a quantidade de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.204.849.

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (78.554), Rio de Janeiro (38.040), Minas Gerais (25.795), Rio Grande do Sul (21.018) e Paraná (17.685). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.306), Amapá (1.346), Roraima (1.362), Tocantins (2.133) e Sergipe (3.642).

Vacinação
Até o início da noite de hoje, haviam sido distribuídas 43,3 milhões de doses de vacinas. Deste total, foram aplicadas 22,4 milhões de doses, sendo 17,4 milhões da 1ª dose e 4,9 milhões da 2ª dose.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar