Justiça

Suspeitos de crime contra Perrone são condenados a 20 anos de prisão

[Suspeitos de crime contra Perrone são condenados a 20 anos de prisão]
15 de Agosto de 2012 às 09:35 Por: Redação Bocão News
Os três suspeitos de roubar e atirar no baterista da banda Estakazero, Paulo César Perrone Júnior, em julho de 2011, foram condenados a 20 anos de prisão em regime fechado no julgamento feito nesta terça-feira (14), na 8ª Vara Criminal, em Salvador.

De acordo com o entendimento do juiz Freddy Pitta Lima, os três homens denunciados à Justiça são culpados pelo crime de roubo qualificado contra o músico. Os condenados  cumprirão pena na Penitenciária Lemos Brito, onde já aguardavam julgamento.

Segundo a defesa do músico, os advogados dos suspeitos ainda podem recorrer da decisão do juiz com apelação e pedido de revisão criminal. A pena dada aos réus foi de 30 anos, mas houve a redução de um terço da condenação máxima para esse tipo de crime. Desta forma, a setença final foi de 20 anos de prisão em regime fechado.

Crime
Paulo César Júnior, 34 anos, foi baleado na cabeça durante um crime conhecido como "saidinha bancária" no dia 19 de julho de 2011, no Caminho das Árvores, área nobre de Salvador. E a víti foi baleado na cabeça.
Os suspeitos do crime foram presos após a divulgação das imagens do banco, em agosto de 2011.

Matéria originalmente publicada às 07h03 do dia 15/08.


Foto: Lidiane Sousa/ Arquivo Pessoal
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar