Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia

Morro de São Paulo: argentino é morto após briga em bar

[Morro de São Paulo: argentino é morto após briga em bar ]
02 de Novembro de 2016 às 20:05 Por: Reprodução Por: Redação Bocão News


Marcelo Rey (esq.) com o dono do bar, Gastón Carniel. 

 

O argentino Marcelo Gabriel Rey, 38 anos, que atualmente residia em Morro de São Paulo, na Bahia, foi morto em um bar. De acordo com informações do jornal El País, após um golpe letal, Rey foi surrado no chão até a morte. O agressor, chamado Enrique, acusava eo argentino de roubar o trabalho dos brasileiros. Enrique está foragido. O fato aconteceu na terça-feira (01).

O incidente ocorreu perto do Bar do Peter II, propriedade de outro argentino, Gastón Carniel. Ali trabalhava Rey, que todos conheciam como Conejo. Ainda de acordo com o periódico, Rey chegou ao Brasil em 2013 proveniente do município de Lanús, na província de Buenos Aires, fugindo da insegurança que assola a Argentina. Começou a trabalhar como caixa no bar, localizado numa zona estratégica de Morro e famoso ponto de encontro dos argentinos que moram na ilha ou que a visitam como turistas.

Mariano Vergara, cônsul argentino em Salvador, confirmou o fato em declarações à rádio La Red, de Buenos Aires, dizendo que a morte ocorreu após um “golpe na cabeça contra uma escada de pedra”.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso