Polícia

Professora morre após ser baleada na cabeça em Vila Canária

[Professora morre após ser baleada na cabeça em Vila Canária]
06 de Fevereiro de 2019 às 11:00 Por: Reprodução/Arquivo pessoal Por: Vinícius Ribeiro 0comentários

Uma professora de 37 anos morreu após ser baleada na cabeça, no bairro de Vila Canária, em Salvador, na noite desta terça-feira (5). A vítima, identificada como Priscila Rebeca Oliveira de Souza, estava dentro de casa, na Rua Vila São José, quando foi surpreendida pelo atirador, por volta das 21h. A morte foi confirmada na manhã desta quarta-feira (6).

A residência de dois andares onde ocorreu o crime é habitada pela família da vítima. Priscila morava no térreo, com irmã, a mãe e duas filhas. O irmão dela, Pablo Oliveira, disse ao BNews que estava tomando banho no primeiro andar, onde reside, quando ouviu o barulho do disparo.

Pablo contou que a família está abrindo uma creche, e o suspeito chegou ao local dizendo que procurava uma vaga para o filho. "Ele chamou no portão e foi atendido pela janela por minha irmã (Priscila), que foi chamar a outra irmã. Assim que ela virou as costas ele efetuou o disparo", relatou, com base no testemunho da mãe e da irmã. O homem fugiu logo após atirar em Priscila.

Após ser baleada, a vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Marcos, onde recebeu os primeiros socorros, e depois foi transferida para o Hospital do Subúrbio. A ocorrência foi registrada na 10ª Delegacia Territorial (DT/Pau da Lima), que investiga autoria e motivação do crime.  

AUDIÊNCIA - Questionado sobre suspeitos, o irmão da vítima disse desconhecer, mas revelou que a irmã saiu de um relacionamento conturbado recentemente. Segundo ele, Priscila tem uma filha de dois meses com um homem que não queria assumir a criança. Conforme informou, uma audiência de paternidade estava agendada para esta quinta-feira (7). Priscila tem mais uma filha, de 10 anos.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas