Polícia

Chefe da SSP afirma que Prisco pediu a policiais para reagirem armados à ação do estado

[Chefe da SSP afirma que Prisco pediu a policiais para reagirem armados à ação do estado]
10 de Outubro de 2019 às 16:31 Por: Arquivo Por: Redação BNews 0comentários

O secretário de Segurança Pública do estado (SSP-BA), Maurício Barbosa, afirmou que áudios gravados pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC) e compartilhados nas redes sociais pedem que policiais reajam armados às ações do governo para inibir práticas criminosas, registradas após polêmcia de suposta greve da Polícia Militar.

"Áudios que estão circulando de ontem pra hoje, pedindo que os policiais fossem armados, ostentando suas armas contra qualquer ação feita pelo estado legalmente, ou seja, incitação à violência", disse, em áudio divulgado pela assessoria do governo do estado à imprensa nesta quinta-feira (10).

Maurício ainda afirma que tem elementos a respeito da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), liderada por Prisco.

"Temos elementos que estão sendo trazidos e coletados não só pela Inteligência, e, a cada dia, temos atualizado o desenrolar do dito movimento associativo, levado pela Aspra e pelo Prisco, pra que a gente adote as medidas jurídicas cabíveis", revelou.

Além de citar processos que o deputado responderia na Justiça, o secretário ainda afirma que policiais informaram que pessoas ligadas à Aspra são responsáveis por ataques a policiais. "Tivemos ações nessa madrugada de viaturas sendo atacadas, e os próprios policiais que estavam dentro da viatura relataram que foram ações de pessoas ligadas ao movimento parentista", disse.

Em uma assembleia na terça-feira (8), Prisco e um grupo de policiais chegaram ao estado de greve. Porém, logo depois, o Comandante Geral da PM, Anselmo Brandão, negou que a Polícia Militar estivesse em greve no estado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas