Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia

Justiça determina prisão preventiva de namorado de médica que caiu de prédio em Armação

[Justiça determina prisão preventiva de namorado de médica que caiu de prédio em Armação]
21 de Julho de 2020 às 11:41 Por: Reprodução/Google Street View Por: Redação BNews

O namorado da médica que caiu do 5ª andar de um prédio em Armação, na capital baiana, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça. Rodolfo Vinicius, que também é médico, foi autuado na segunda-feira (20) por tentativa de feminicídio. 

O caso ocorreu na madrugada de segunda, no condomínio Serra do Mar, no bairro de Armação, na capital baiana, após uma briga entre o casal, que está junto há menos de um ano.

A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está internada no Hospital Geral do Estado (HGE) em estado grave. 

O BNews teve acesso ao depoimento de uma testemunha, que dormia na casa da namorada no dia do crime, que contou que viu o namorado tentando salvar a médica. Segundo o relato da testemunha, em um primeiro momento, a mulher teria tentado se jogar do apartamento, mas depois desistiu e ficou agachada chorando. No entanto, a médica não teria conseguido voltar para o apartamento.

No depoimento, o homem explicou que a mulher passou a falar que não estava aguentando mais, momento em que ele pediu para ela 'se segurar' e 'jogar o corpo para frente para poder se apoiar na janela'. Neste momento, a mulher teria chamado o namorado, que, em seguida, segurou o braço dela. No decorrer do relato, a testemunha afirmou que a perna da médica saiu do parapeito enquanto o namorado segurava o braço dela. A jovem ficou flutuando no ar e, pouco depois, caiu.

À reportagem, a delegada Bianca Torres, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Brotas), que investiga o crime, afirmou que as testemunhas revelaram novidades em depoimento, no entanto, não podem ser dvulgadas devido ao sigilo do inquérito.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso