Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia

Em depoimento, porteiro diz que tentou contato com casal antes da médica cair de prédio em Armação

[Em depoimento, porteiro diz que tentou contato com casal antes da médica cair de prédio em Armação ]
22 de Julho de 2020 às 20:01 Por: Arquivo Pessoal Por: Redação BNews

O caso da médica, Sáttia Lorena Patrocínio, de 27 anos, que caiu do 5º andar após briga com o companheiro, Rodolfo Lucas, ganhou novos rumos, nesta quarta-feira (22), com o depoimento do porteiro do condomínio Serra do Mar, no bairro de Armação, em Salvador. A testemunha informou que tentou contato com o casal diversas vezes através da campainha e do interfone, mas ninguém abriu a porta.  

“A moradora estava dentro do apartamento, tentava falar algo, mas o declarante não compreendia, pois além dela está no quarto dos fundos estava chorando”, diz o depoimento.  

Após alguns minutos, o porteiro disse que viu a médica dependurada na janela do apartamento 505 e o companheira, também médico, Rodolfo, estaria segurando a mulher. Na ocasião, o funcionário declarou ter escutado Sáttia gritar que iria morrer e o médico respondendo que não soltaria a companheira.  

Vale lembrar, que a médica caiu após uma discussão com Rodolfo que, segundo a testemunha, teria iniciado às 00h40 chamando atenção de alguns moradores do prédio. 

Além disso, a mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está internada no Hospital Geral do Estado (HGE). O marido, Rodolfo Vinicius, foi autuado por crime de tentativa de feminicídio e está em prisão preventiva. No entanto, negou que tenha empurrado a esposa em depoimento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Brotas).
 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso